NO ALVO

“Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” (Paulo – apóstolo)
imageTudo na vida fica mais fácil depois de acertar o alvo.
Tudo fica mais leve, depois de Cristo.
Seu jugo é suave é seu fardo leve.
Na leveza de sua plenitude reconhecemos  que o pai nosso está nos céus, interessado  por nós aqui na terra.
O Reino de Deus buscamos, e ele se revela, dizendo lá dentro, no recôndito da alma:
– As demais coisas lhes serão acrescentada

– A alma fica agradecida, o espírito se eleva, A generosidade inunda o ser e Agradeciso repetimos a mensagem angelical:
Glória a Deus nas alturas! Enquanto este processo ocorre nos completamos com a sua vontade, paraque seja feita assim na terra como nos céus.
E quando a vontade do pai se funde com a vontade dos filhos, a celebração acontece.

Por que?

Porque O filho que estava perdido e foi achado…
Nessa dimensão, a vida floresce, a felicidade desponta,
Enquanto, simultaneamente os alvos são atingidos,
O de nós em Cristo, e o de Deus em nós.
(F. Meirinho)

CRUZ – ou foice e martelo?

imageNisso concordo com o Papa Francisco:”Digamos juntos de coração: nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos, nenhum povo sem soberania, nenhuma pessoa sem dignidade, nenhuma criança sem infância, nenhum jovem sem possibilidades, nenhum idoso sem velhice digna. Sigam a sua luta e, por favor, cuidem muito da Mãe Terra.”
MAS DISCORDO que venha com o símbolo mostrado e oferecido de presente por Evo Morales ao Papa, que consistia de crucifixo formado de um martelo e uma foice, Isso é blasfêmia, presente que o papa deveria recusar.
O socialismo da América latina defendido por – Dilma, lula, Maduro da Venezuela, Evo Morales, da Bolívia, Cristina Kirstchen da Argentina e outros, é um comunismo manipulador, ultrapassado, que nada tem a ver com um socialismo solidário que eleva a justiça dos povos e distribui as riquezas – na forma de melhores salários, através do trabalho, saúde, educação, segurança, liberdade, etc.
Para isso o povo deve quebrar a foice do comunismo com o seu próprio martelo, ou então usar o machado de João Batista pra cortar esse grande mal pela raíz: “O machado já está posto à raiz das árvores, e toda árvore que não der bom fruto será cortada e lançada no fogo”.
Cadê os frutos do comunismo? – soviético – a Rússia de hoje? Cadê o fruto do comunismo de Cuba, Venezuela? Cadê o comunismo socialista do Brasil? Olhem as notícias diárias no Brasil!
O comunismo formou milhares de ateístas e parasitas. Me mostrem os hospitais, asilos, universidades no mundo patrocinados pelos comunistas e ateus?
Você prefere a foice e o martelo dos comunistas ou o machado de João Batista, com a espada de Cristo que é a Palavra de Deus?
Não tenho certeza se Francisco recebeu bem o “presente de grego” de Evo Morales, porque não conheço tudo que rola nos bastidores de todas as religiões e políticas. Mas, arrisco fazer uma leitura corporal – expressão visual do Papa, me dando a impressão de que tenha pensado: “Esse cabra é abusado!…”. se rejeito o Cristo morto decapitado pela foice do comunismo, vão usar o martelo pra me bater. Se aceito vão dizer que abandonei a Cruz em troca do martelo. Estou enrascado!”. Mas, o que pensa e quem é realmente o Papa Francisco?.. (F. Meirinho)

A FÉ COMO INSTRUMENTO PARA AS COISAS DIFÍCEIS

Os apóstolos disseram ao Senhor: Aumenta a nossa fé (Lucas 17.5)

imageA fé não foi designada só para a salvação, realização de milagres ou busca de bênçãos pessoais. Ela deve ser usada para pôr em prática em tudo aquilo possa ser difícil quanto à perspectiva cristã.
A FÉ COMO INSTRUMENTO PARA AS COISAS DIFÍCEIS
Os apóstolos disseram ao Senhor: Aumenta a nossa fé (Lucas 17.5)
1. O que fez os apóstolos pedirem o aumento da fé?
a) Não foi para receberem um milagre de cura física;
b) Não foi para que fosse realizado um grande sinal, uma maravilha extraordinária.
2. Foi para que?
a) Jesus estava se referindo a gente que atrapalha a fé dos outros, no sentido de produzir escândalos;
b) Jesus estava falando sobre a necessidade de tentar corrigir pessoas que pecam contra o outro.
3. Ele declarou:
a) Quando alguém errar contra você, repreende-o. É mais cômodo deixar pra lá; gelar o ofensor, mas repreender, corrigir para que a pessoa se ajeite é mais difícil.
b) Se a pessoa se arrepender, perdoe. Tem gente que fica mais ofendida ainda, mas tem outros, que reconhecem se arrependem.
c) Quando a pessoa se arrepende – perdoa-lhe. Não dar lição de moral, e sim, perdoar.
4. Diante disso é que disseram: aumenta nossa fé.
a) Os apóstolo foram sinceros e concluíram que – corrigir, lidar com o arrependimento dos outros, perdoar, não é tão fácil assim. Não basta o conhecimento, é preciso fé para agir. A maioria dos cristãos conhece os princípios do evangelho, mas entre conhecer e praticar há uma grande diferença.
b) Mas é necessário;
c) A questão era de ordem emocional, sentimental e prática de mandamentos.
d) Perdoar, amar, fazer, etc. É muito mais que sentimento, é mandamento. E o que se deve fazer com um mandamento?
e) Jesus reconhece que eles tinham fé suficiente, para poderem agir de forma correta quanto ao perdão, quando disse que: Se tiverem fé como um grão de mostarda poderiam fazer uma árvore se lançar no mar. Será que eles tinha essa fé? Menor do que um grão de mostarda ainda era alguma coisa, na qual se poderia aumentar?
Será que a amoreira de que estava falando, representava seus conceitos complicados, e que a mesma estaria plantada em seus corações, mas ela, pela fé, poderia ser arrancada?
5) Ser cristão é ser da fé e poder usá-la para tudo: para obedecer o Evangelho, para ser um humano melhor, e também para alcançar outras bênçãos, a exemplo de:
a) Centurião – Seja feito conforme a sua fé (Mt 8.3). Se alguma coisa não está condizendo como a nossa expectativa, o problema não está em Deus, mas na fé que temos nele, e naquilo o qual diz ser possível.
b) Um pai desesperado que tinha um filho possuído por um espírito mau. (Mc 9. 13). Nesta passagem, o pai reclama dizendo que os discípulos de Cristo não conseguiram libertar o menino da opressão demoníaca. Neste caso, Jesus não apontou a falta de fé como obstáculo, e sim, a falta de oração e jejum.
. A fé nos leva a pôr em prática os princípios de Deus, da forma correta, mesmo se tratando de oração.
. A fé nos proporciona coragem para enfrentar o presente com confiança, e o futuro com esperança. (E. C. McKenzie)
. Como cristãos, a fé deve estar incorporada em nós, para ser usada em tudo, e não como amuleto para o qual se apela só em situação complicada.
Que nossa fé seja acrescentada, para que a vida como um todo possa ser maximizada e o perdão esteja presente em todos passos de nossa exiência. Neste sentido, é preciso aprender com as crianças, que apesar dos conflitos, sempre estão prontas para perdoar.
Ser cristão e medíocre ao mesmo tempo, não corresponde à mente de Cristo, tampouco à expectativa de Deus a respeito de seus filhos.
Francisco Meirinho